Rio Negrinho passa a emitir licenças ambientais

Ação será realizada por meio do Consórcio Intermunicipal Quiriri
04/02/2020 09:04

Uma antiga solicitação foi finalmente atendida: o licenciamento ambiental poderá ser feito diretamente em Rio Negrinho, agilizando processos e reduzindo a burocracia. A ação ocorre por meio do Sistema Intermunicipal de Municipalização do Licenciamento Ambiental (Simla), envolvendo ainda os municípios de São Bento do Sul, Campo Alegre e Corupá. 

 

Por meio do Simla, o Consórcio receberá os protocolos de pedidos de licenciamento ambiental, e caberá ao município a análise e emissão. Para aperfeiçoar a nova ferramenta, serão feitas capacitações com pessoal interessado, além das prefeituras das quatro cidades cederem servidores para o trabalho de campo e atendimento ao público.

 

Para o prefeito Julio Ronconi e que presidia o Consórcio Intermunicipal Quiriri até esta terça-feira, dia 3, quando foi formalizado a criação do Simla, essa é uma grande conquista. “Os licenciamentos municipais eram uma meta que colocamos na nossa gestão, e hoje isso se torna realidade", destacou ele.

 

Julio ainda destacou que a medida permitirá mais agilidade aos processos de licenciamento, permitindo maior desenvolvimento econômico às cidades. "Será bom para os municípios, para as empresas e para o IMA", sintetizou ele, ressaltando o papel o Instituto de Meio Ambiente (antiga Fatma), que passará a analisar apenas licenciamentos maiores. “Isso dará mais agilidade também ao trabalho deles, já que os processos de menor envergadura ficarão nos municípios”, complementou o prefeito.

 

Durante a assembleia geral do Consórcio Intermunicipal Quiriri, Julio transmitiu o cargo de presidente ao prefeito de Corupá, João Carlos Gottardi. “Foi um ano incrível, e que conseguimos tirar do papel o licenciamento ambiental municipal, além de lançarmos a marca Destinos do Quiriri. Tudo isso sempre com o apoio dos quatro municípios da região”, ressaltou Julio.

Download das fotos em alta resolução
Carregando