Eu amo Rio Negrinho

Projeto Dinossauros mobiliza alunos em viagem de estudos

No passeio, eles puderam conhecer curiosidades e características desses grandes animais
14/11/2018 10:43

A todo momento aparecem novos vestígios, evidências e teorias sobre a existência dos dinossauros e seu modo de vida. Para despertar ainda mais a curiosidade dos alunos do 4º ano 1 e 2, a professora Andreia Kiatkoski, da EMEB Professora Irene Olinda Teifke Ribeiro, os estimulou a criarem os seus próprios livros, que foram intitulados “Dinossauros do A ao Z”, que integraram o Projeto Dinossauros. Neles, as crianças trazem curiosidades para cada animal correspondente as letras do alfabeto, como os aspectos físicos e alimentação todos escritos e desenhados à mão. Na última semana, para compor os trabalhos realizados no projeto, os alunos visitaram a Vila Encantada e o Zoológico em Pomerode.

Segundo a professora, os alunos estão conseguindo colocar em prática a leitura, escrita e as habilidade artísticas, como os desenhos. Embora o nome dos dinossauros seja um pouco complicado, os alunos são os primeiros a decorarem. Além de exercitar o conhecimento de forma lúdica, os alunos ainda colocaram em prática as pesquisas trazendo curiosidades que podem ser compartilhadas dentro e fora da sala de aula. “Com o projeto, as crianças estão tendo a oportunidade de conhecerem esses animais que viveram no nosso planeta há milhares de anos”, conta.

A ideia de ir até Pomerode surgiu para mostrar aos alunos as oito esculturas feitas pelo artista Clovis Dapper, tendo alguns exemplares em tamanho real. No local ainda há o Projeto Paleontólogo Encantado, que conta com a visita monitorada, que explica sobre como era a vida destes grandes animais. No passeio, além dos estudos, as crianças puderam se divertir com o Circuito Sinuoso, um percurso de subida e descida, a Vila do Calor, uma praça com esguichos de água onde as crianças puderam se refrescar.

Andreia ainda conta que a recepção dos estudantes com a viagem alcançou o objetivo que o projeto buscava, o aprender de uma forma descontraída. “Foi uma experiência muito divertida e as crianças conseguiram aprender muito sobre o tema. Dava para ver nos olhinhos de alguns que nunca nem sequer haviam saído do município. Fiquei muito emocionada”, ressalta a professora.

 

Download das fotos em alta resolução
Carregando