Eu amo Rio Negrinho

Projeto “O poder das palavras” mobiliza equipe do CRAS

Se enxergar no próximo, esse foi objetivo das profissionais Soraya e Sueli com a ação
01/08/2018 10:09

Como forma de conscientizar sobre o impacto das palavras no desenvolvimento das pessoas, a equipe do Centro de Referência de Assistência Social, (CRAS), realizou nas últimas semanas, através da psicóloga Soraya Giese Hack e a assistente social Sueli Iraci Lima, o experimento “o poder das palavras”. Elas fizeram o experimento usando duas plantas, cedidas pela Floricultura Ornato Jardins, onde para uma foram ditas palavras positivas e para outra, negativas. Mobilizando cerca de 250 pessoas, entre os membros e as funcionárias Marcele Kruger e Franciele Dutra, as profissionais conseguiram fortalecer os ideais de responsabilidade e igualdade defendidos pela unidade.

Baseando-se nos estudos com planta de arroz, do escritor Masaru Emoto, onde cada pensamento ou fala do ser humano gera uma emoção. A psicóloga destinou um local no CRAS para ambas as plantas crescerem, cada uma recebeu a mesma quantidade de água. Segundo Soraya, já nos primeiros dias foram notadas as diferenças desde a reação das crianças, adolescentes e idosos ao estado em que as plantas encontravam-se. “Eles ficavam sem jeito de falar palavras negativas a uma delas, aí que está uma lição. Devemos pensar e refletir como uma pessoa receberá aquilo e se gostaríamos se isso fosse feito a nós”, ressalta.

Nos 54 dias de experimento, a planta que recebeu mensagens positivas permaneceu normalmente com o crescimento. “Ficamos impressionadas com o resultado de ambas, a planta das ações positivas floresceu com muito vigor”, lembra. Já a segunda planta, dos comentários negativos, murchou e perdeu as folhas nas primeiras semanas da ação. “A atividade nos mostrou que a forma como você pensa e fala pode realmente influenciar no estado das coisas”, completou a psicóloga.

A atividade ainda teve por inspiração a programação neurolinguística, ou seja, por trás dos nossos comportamentos existe uma estrutura interna de pensamentos e emoções que impactam diretamente ações e resultados ao longo da vida do indivíduo. “Por trás de toda ação existe uma razão, um motivo para agirmos. Se buscamos gerar uma mudança no comportamento da pessoa, temos que compreender os motivos que a levaram a agir assim e fazê-la repensar. E essa atividade proporcionou isto”, comentou Nadine Hacke Ribeiro, coordenadora do CRAS.

Fotos e texto: Thaline Cardoso

Download das fotos em alta resolução
Carregando