Eu amo Rio Negrinho

Fórum Municipal trata da prevenção de cheias

Andamento do Plano de Macrodrenagemcompleto foi apresentados à comunidade
12/07/2018 10:36

O Núcleo Comunitário Contra Enchente da Associação Empresarial de Rio Negrinho – Acirne, reuniu na noite de quarta-feira, 11, especialistas e a população para discutir mais sobre formas de prevenção e combate às enchentes, assim como conhecer sobre o plano de macrodrenagem do município e exemplos de ações realizadas em outras cidades.

O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a participação do prefeito Julio Ronconi, e do prefeito de São Bento do Sul Magno Bollmann, que foi o moderador. O coordenador regional da defesa civil de Santa Catarina, Antônio Edival Pereira, apresentou a estrutura e as ações realizadas em diversas regiões do estado, destacando a prevenção, o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD), as instituições relacionadas à gestão de crise, assistência, recuperação e reconstrução de cenários afetados, e a ferramenta de gestão de riscos e monitoramento que leva os alertas georeferenciados a todo cidadão catarinense, o Sistema Integrado de Defesa Civil (SisDC).

O coordenador do plano de macrodrenagem de Rio Negrinho, Adriano Augusto Ribeiro, expôs o andamento dos trabalhos, que está em sua fase inicial, evidenciando as causas, medidas de controle, ações estruturais, sistema de alerta e previsão, e destacou a importância da participação da população, seja na educação ambiental como na reutilização. Conforme Adriano, o Plano de Macrodrenagem é um estudo de engenharia que tem por objetivo avaliar as condições de escoamento de água dentro do município, levando em conta questões como precipitação, quanto tempo leva a chuva até chegar na área urbana, em que condições que ela chega, na quantidade que chega e outros fatores. “É um instrumento técnico e de gestão pública para evitar justamente que a população tenha algum prejuízo em virtude das inundações que possam ocorrer em função das chuvas”, explica.

Segundo ele, a elaboração do Plano de Macrodrenagem começou faz cerca de 30 dias. “Existem diversas fases para a elaboração de todo o plano. Estamos na fase de levantamento de dados, depois tem a fase de diagnóstico, de sugestão das medidas prioritárias, da elaboração dos antiprojetos e elaboração do Plano Diretor de Macrodrenagemcompleto, que prevê também a realização de audiências públicas onde serão apresentados os resultados para as pessoas avaliaram, questionarem e inclusive votarem se aqueles projetos estão adequados às condições do município”.

O jornalista Dago Woehl, que é um estudioso e especialista em cheias na região de Porto União/SC e União da Vitória/PR, reforçou que Rio Negrinho possui condições de solucionar o problema da enchente. O fórum contou também com a participação de representantes de outros municípios: Joinville, São Bento do Sul, Rio Negro, Canoinhas e Porto União.

Para o coordenador do núcleo, Celso Fleischmann, essa participação foi um dos destaques. “Isso mostrou a união para a resolução de problemas em conjunto. E esse foi o primeiro fórum que terá continuidade nos próximos anos, pois é de extrema importância discutir o tema e conhecer formas para solucionar esse grave problema que afeta diretamente toda a população”, completa.

No final do evento, integrantes do núcleo entregaram um documento para o prefeito de Rio Negrinho, Julio Ronconi e o presidente da câmara de vereadores, Abel Hack, para viabilizar mecanismos que auxiliem a administração pública a buscar soluções para resolver a questão das enchentes.

Download das fotos em alta resolução
Carregando