Eu amo Rio Negrinho

Alunos vivenciam novas culturas em viagem de estudo

Na capital paranaense, foram realizadas visitas a Mesquita Mulçumana Al Imam Ali Ibn Abi Taleb, ao Museu Paranaense, ao Centro Histórico e ao Museu Oscar Niemeyer
28/06/2018 15:37

Os alunos do 6º Ano da escola Ricardo Hoffmann, no bairro Industrial Norte, estiveram recentemente em Curitiba participando de uma viagem de estudos com o objetivo de vivenciar temas abordados nas aulas de Ensino Religioso, História e Língua Portuguesa. Na capital paranaense, foram realizadas visitas a Mesquita Mulçumana Al Imam Ali Ibn Abi Taleb, ao Museu Paranaense, ao Centro Histórico e ao Museu Oscar Niemeyer.

A palestra agendada na Mesquita Mulçumana Al Imam Ali Ibn Abi Taleb, conhecida por Mesquita de Curitiba, foi uma atividade complementar da disciplina de Ensino Religioso. Um dos principais objetivos dessa disciplina é o de levar aos alunos perceberem a riqueza da diversidade de crenças e costumes existentes nas práticas religiosas. Partindo desse pressuposto, se faz necessários que os alunos além de conhecerem outras formas de religiosidade, também visualizem diferentes espaços destinados a manifestação dessas.

Os acervos dos museus visitados foram importantes para a construção do conhecimento. Os Museus são instituições que estão a serviço da sociedade para fins de pesquisa, educação e lazer. A visualização dos objetivos lá expostos leva aos alunos construírem novas significações. Essa interação possibilita um diálogo com outros momentos históricos, com outras culturas, com outras gerações, percebendo assim as diferenças e as semelhanças entre presente e o passado. Esse conjunto de elementos possibilita a formação de um cidadão consciente da necessidade da valorização e preservação do Patrimônio Cultural. Através de um trabalho pedagógico bem elaborado o museu passa a ser um espaço dinâmico e comunicativo.

Por fim, visando um trabalho interdisciplinar, a professora de Língua Portuguesa irá utilizar os relatórios da viagem para trabalhar gêneros literários. Compreende-se o Relato" como um texto em que se explana aquilo que se observa em relação a alguma coisa/lugar ou a alguém. Tem como característica a descrição pessoal, que deve ser a mais fiel possível aos fatos e onde devem ser evitadas interpretações pessoais tendenciosas ou não compatíveis com os fatos. Não pretendem apenas narrar objetivamente o que foi observado, mas passar a experiência vivida ao leitor, se “alojam” no limiar do jornalismo e da literatura. Não contêm apenas dados matemáticos e informações didáticas, pelo contrário, focam no contato com os personagens, humanizam as fontes e buscam aproximar o leitor da narração, inserindo-o no enredo, se possível.

Download das fotos em alta resolução
Carregando