Eu amo Rio Negrinho

Caminhada pela Estrada Dona Francisca relembra a história

No domingo à tarde, uma centena de pessoas participou da primeira caminhada pelo trecho original da Estrada
11/06/2018 13:10

No domingo à tarde, uma centena de pessoas participou da primeira caminhada pelo trecho original da Estrada Dona Francisca, em Rio Negrinho. A ação foi promovida pela Associação dos Historiadores de Rio Negrinho e pela Academia de Letras do Brasil em Santa Catarina – seccional de Rio Negrinho, com apoio da Fundação Municipal de Cultura.
Antes de percorrer a estrada, Christian Hacke, presidente da Associação dos Historiadores, comentou um pouco sobre a origem e construção da estrada que teve início em meados de 1848 em Joinville e que por anos foi o único ponto de ligação da colônia com o Planalto Norte. Quem participou da caminhada pode prestigiar apresentações musicais, exposições de obras de artes, fotos de época que foram penduradas em varais em meio a vegetação. O encerramento da caminhada foi no ponto de interseção onde será enterrada a cápsula do tempo.
No encerramento o prefeito Julio Ronconi recebeu das mãos de Cleverson Vellasques, presidente da Academia de Letras, um manifesto assinado por todos os participantes. Através deste documento a Fundação Municipal de Cultura fará o encaminhamento a Fundação Catarinense de Cultura para verificar os trâmites do processo de tombamento. Para o presidente da Fundação de Cultura, Adilson Figueiredo, este evento marca o início de um forte movimento em prol do levantamento patrimonial no que tange a valorização dos bens culturais, sejam eles materiais ou imateriais. Na ocasião, Adilson agradeceu os participantes da caminhada, a Academia de Letras e a Associação dos Historiadores pela sensibilidade em promover um evento que valoriza o patrimônio cultural. Lembrando que amanhã terça-feira (12) e quarta-feira (13), quem tiver interesse em assinar o manifesto, o livro estará disponível na Fundação de Cultura.

Download das fotos em alta resolução
Carregando