Eu amo Rio Negrinho

Rio Negrinho sedia Conferência Regional de Saúde das Mulheres

17/05/2017 14:10

Nesta quarta-feira, dia 17, ocorre em Rio negrinho a 1ª Conferência Regional de Saúde das Mulheres, com o tema “Desafios para a Integralidade com Equidade”. O evento reúne todos os municípios que integram a 24ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Mafra, e ao longo do dia, diversos temas foram tratados com o objetivo principal de promover o potencial e discutir os desafios para aumentar a participação social da mulher como forma de promoção da saúde. A abertura oficial contou com presença de autoridades políticas, da área médica e do direito, e foi realizada na Sociedade Musical.

Durante o ato, a secretária de Saúde de Rio Negrinho Fatima Mendes Afonso ressaltou a importância da Conferência, para que avanços na área da Saúde e dos direitos das mulheres sejam alcançados. “Nós vamos cobrar. Não pensem que vamos passar o dia todo montando propostas e isso vai virar em nada. Por isso é importante a presença do secretário regional, sabemos que há vários degraus, mas somos otimistas e teimosos do bem, e vamos cobrar que as propostas saiam do papel”, destacou Fatima.

Ela ainda frisou o empenho de sua equipe da Secretaria de Saúde para que o evento pudesse ocorrer da melhor forma possível, e os demais parceiros que auxiliaram na coordenação. “Realizar uma conferência com este tema é desafiante, e não resta dúvidas que é o que já praticamos no dia a dia. Porque todos os dias superamos obstáculos e implantamos metodologias inovadoras para atender da melhor forma nossa população”, destacou ela.

Representando o prefeito Julio Ronconi, que encontra-se em viagem à Brasília para a Marcha dos Prefeitos, a primeira-dama e médica Thais Zanatta falou dos desafios do dia a dia que enfrenta, como ginecologista. “Sei que temos muito a avançar, e espero que nesta reunião deste dia possamos ter novas ideias e termos novos desafios a serem alcançados. Hoje aqui é um primeiro passo para essas conquistas”, frisou ela. “Queremos que o Planalto Norte seja visto também como referência na área da Saúde, que as cidades daqui possam ser referências”, citou Thais.

O evento contou com palestra com a Juíza de Direito de São Bento do Sul Griselda Rezende de Matos Munis, que tratou sobre a importância e potencialidade da mulher na sociedade, e com a psicóloga e sexóloga Lucimar S. Ghelfi, que destacou a informação e combate a preconceitos em relação ao sexo como forma de integração social da mulher.

Na Conferência foram discutidos ainda o papel do Estado, o mundo do trabalho, a vulnerabilidade e equidade e as políticas públicas, com suas consequências sobre a vida e saúde da mulher. Ao final, houve reunião plenária com apresentação e votação das propostas da Conferência, eleição dos Delegados para a Conferência Estadual. 

Download das fotos em alta resolução
Carregando