Rio Negrinho / SC - 28/07/2017
Facebook

Notícias

Habitação

Prefeitura avalia medidas contra inadimplência na habitação

Data de inclusão: 28/04/2017 12:21

Nesta semana, o prefeito Julio Ronconi esteve na Secretaria de Habitação acompanhando o recadastramento das famílias interessadas em ingressas em programas habitacionais. O recadastramento teve início no dia 10 de abril e até o momento cerca de 100 famílias já atualizaram seus dados, e há outras 350 já agendadas até junho. Porém, o que chama a atenção é o alto índice de inadimplência, que faz com que apenas no setor habitacional a Prefeitura tenha em torno de R$ 2 milhões a receber. Agora, medidas deverão ser tomadas para que os valores sejam recebidos e reaplicados na construção de novas casas para a população rio-negrinhense.

Conforme Julio, foi feita uma ampla análise dos cadastros habitacionais e o número de inadimplentes chama a atenção. Mas, há casos ainda mais críticos. “Tem um contrato, por exemplo, de 2005, onde a pessoa recebeu a casa e o valor de R$ 3.960,00 foi parcelado em 60 veze, mas não foi pago nenhuma parcela. Foi feito então um termo aditivo em 2007 que também não foi pago e, em 2009 novo termo aditivo foi feito, e essa pessoa pagou apenas quatro parcelas e não pagou mais nada. Mas o pior de tudo é que esse morador sequer mora no local, ele alugou a casa e está tendo renda desse imóvel”, citou.

Segundo o prefeito, esse contrato é um caso em que será entrada com uma ação direta de rescisão contratual. “Vamos fazer uma ação de reintegração de posse da casa. Porque é inadmissível que a pessoa tenha que pagar um valor tão pequeno, não pagar, e ainda alugar para outra pessoa. Ou seja, além de não pagar ao Município, ainda está tendo renda com um imóvel. Com este valor poderíamos construir outras casas para pessoas carentes”, ressalta Julio.

Uma análise de todos os imóveis está sendo feita e verificando quais há pendências financeiras. “Pedimos que as pessoas que tenham dívidas de seus imóveis que venham na Secretaria de Habitação fazer o reparcelamento e paguem os valores. Aquele que alugou ou que já vendeu, que faça a quitação, porque senão termos que entrar com ação de rescisão. Tem muitas pessoas na fila para ter uma casa própria, que querem ter um teto para morar, e não podem porque têm outras pessoas que não pagam sua parte”, explica o prefeito.

Imagens relacionadas

Prefeitura avalia medidas contra inadimplência na habitação
Prefeitura avalia medidas contra inadimplência na habitação
Nosso endereço
Av. Richard S. de Albuquerque, 200
Bairro: Centro Cívico
Rio Negrinho / SC
CEP: 89.295-000
Telefone
(47) 3646-3600
Prefeitura de Rio Negrinho